Suspeito de tentativa de homicídio de policial militar e de outro homem é preso na Capital

suspeito preso - Foto: Polícia Civil

suspeito preso – Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil, por intermédio da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e de Proteção à Pessoa, durante a execução de um mandado de busca e apreensão, na Rua Nelson Dalmas (antiga Rua “F”), Vila dos Sargentos, na Capital, prendeu preventivamente um homem, com antecedentes policiais por outro dois homicídios, por ter sido apontado como autor da tentativa de homicídio de duas pessoas, uma delas policial militar no dia 26 de novembro passado, na Rua “B”, Vila dos Sargentos.

Em síntese, a investigação constatou que o investigado havia acabado de cometer um roubo de veículo, na companhia de um adolescente, a bordo de uma motocicleta. Quando retornavam para a Vila dos Sargentos, depararam-se com uma abordagem de rotina realizada pela Brigada Militar. Nesse momento, o adolescente, que pilotava a motocicleta, tentou fugir, enquanto o homem preso hoje, que estava na carona, passou a desferir disparos de arma de fogo contra a equipe policial, vindo a alvejar um transeunte, que não tinha nenhuma relação com o confronto armado.

O adolescente que pilotava a motocicleta se desequilibrou e caiu, vindo a ser detido, porém o outro, o da carona, conseguiu fugir do local, efetuando disparos de arma de fogo contra os policiais.

Após a devida identificação do suspeito, representou-se pela sua prisão preventiva e pela expedição de mandado de busca e apreensão em sua residência, o que foi deferido pelo Poder Judiciário.

Na semana passada, o filho de um líder da facção que domina a Vila dos Sargentos, foi preso no mesmo endereço em que foi cumprido o mandado de busca e apreensão no dia de hoje, de posse de uma pistola devidamente municiada. O preso é irmão de um homem que está recolhido ao sistema carcerário, um dos principais executores de homicídio daquela região, que age sob as ordens do líder da facção.

Com isso, este homicídio ocorrido no dia 26 de novembro, está completamente esclarecido, com os dois autores segregados, à disposição do Poder Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>